Os primeiros passos

Para alguns ainda o andar da criança nos seus primeiros passos está associado ao andador infantil, equipamento que está sempre no centro de polêmicas quanto aos seus benefícios e malefícios, porém a questão não é tão simples para que seja classificado como bom ou mal à criança. Os riscos de acidentes existem de fato e uma informação importante é que no Canadá a venda dos andadores infantis foi proibida. Países como os Estados Unidos também querem a sua proibição. O motivo mais importante para a eliminação desses andadores é o grande números de acidentes graves envolvendo crianças e andadores.

O ato de andar é um dos marcos mais importantes da vida do filho, já que é um enorme passo a caminho da independência dele e quando o mesmo toma coragem para largar a cadeira ou o sofá que serviam de apoio e avança hesitante para seus braços, não irá demorar muito para que você o veja correndo e pulando por todos os lados, cheio de confiança: neste momento ele já não será mais o seu bebê.

Durante o primeiro ano de vida, o seu nenê vai aos poucos ganhando coordenação motora e força muscular no corpo todo, aprendendo como se virar, sentar e engatinhar. Passando esta fase ele vai conseguir ficar de pé, por volta dos 8 meses aproximadamente. Então depois disto é só uma questão de confiança e equilíbrio, sendo que a maioria dos bebês dá os primeiros passos entre os 9 e os 12 meses, andando bem com 1 ano e 3 meses, mais ou menos por aí. Evite preocupações se o seu neném demorar um pouco mais, por que há muitas crianças absolutamente normais que só vão andar com 1 ano e 4 meses, 1 ano e 5 meses ou até mais.

Leia também:

andador-de-bebê

Até o próximo post.

Mais um pai de primeira viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *