O consumismo no dia das mães

Está combinado, o segundo domingo do mês de maio é Dia das Mães, mas nem se quiséssemos esquecer a data conseguiríamos. Já há algumas semanas a mídia tem nos bombardeado com inúmeras propagandas desta data comemorativa.

Daqui a alguns dias está chegando mais um Dia das Mães e com ele todo um aparato de estímulo ao consumo com inúmeras promoções, novos produtos e ofertas irrecusáveis para presentear aquela que trouxe ao mundo o escritor e o leitor deste post. Como fazer para aproveitar a data sem se esquecer de seu significado mais importante: a homenagem às mamães? Como não cair na loucura do consumismo desenfreado? De um modo geral, o consumo está profundamente associado às carências e frustrações da vida contemporânea, ou seja, muitas vezes ele supre uma fantasia: “Se eu comprar tal roupa, serei mais belo, poderoso e feliz”.

abraco-de-dia-das-maes

Veja também:

Dia das Mães e o perverso consumismo

Dia das Mães: quando o consumismo esmaga os sentimentos

Feliz dia das Mães a todas as mamães do Brasil, com ou sem crise financeira.

Até o próximo post.

Mais um pai de primeira viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *