Chá de fraldas: qual a melhor fralda descartável?

Chegou a hora de fazer o chá de fraldas ou mesmo chá bar, onde participam mães, amigas, pais e amigos, o que deve predominar nos presentes são as fraldas. Aí vem a pergunta: qual a melhor opção?

Sem sombra de dúvidas, pela experiência pessoal lá em casa, concluímos que o melhor custo benefício é a Pampers Premium Care. Vale o que se paga. Não irrita a pele e não vaza, claro, fala-se aqui de bom uso do produto conforme as instruções do fabricante.

De qualquer forma, o melhor custo benefício é conforme o bolso de cada um, ou seja, onde o calo aperta. Com base nisto, vamos há algumas outras opiniões:

Pampers – minha preferida (e também da Indigui), por ser bem macia, flexível de um material que parece deixar a pele respirar mais. O poder de absorção é alto. E ainda por cima é uma das mais baratas, considerando o preço unitário da fralda (ao menos na rede de mercados Hiperminas aqui de BH).

Huggies/Turma da Mônica – ótimo poder de absorção, uma das mais conhecidas do mercado, porém acho que perde para a Pampers em flexibilidade. É um material mais rígido, menos flexível. Mas é uma excelente fralda também, muito confiável para não ter vazamentos. Parece causar um odor mais forte que o da Pampers e outras…

Pompom – menos famosa, mas flexível e macia o suficiente. Sem problemas de odor e boa absorção. Usei já faz um tempo, mas lembro-me de que gostei. Só não compro mais porque nem sempre o preço unitário ganha da Pampers, e porque não se acha em todos os mercados por aqui…

Cremer – experimentei há pouco tempo. É uma fralda mais simples, com material bem macio porém que parece mais plástico nas abas em contato com a perninha (parece deixar a pele respirar menos). Tem um cheirinho gostoso que disfarça o mau cheiro de xixi. Isso pode ser um ponto positivo ou não, considerando que é uma “química” a mais em contato com a pele do bebê. Não parece ter tanto poder de abosrção quanto a Pampers e a Huggies, ficar atenta com as trocas para não ter vazamentos.

Babysec – experimentei ontem pela primeira vez. Também é uma fralda mais simples, mas muito boa. A flexibilidade fica entre a Huggies e a Pampers. O material das abas também é mais plástico, mas também suficientemente macio. Vazou ontem após eu esticar a troca para 4 horas (o xixi se concentra na parte frontal, e o gel não aguentou). Apesar disso, considero uma opção boa. Mas o preço unitário por aqui perde para as demais. Julia já dormiu com ela sem vazamentos a noite toda.

DICA: sempre que for comparar preços, divida o preço do pacote pela quantidade de fraldas que vêm nele, assim você tem o real preço por fralda.
Fonte: http://lavandoafraldasuja.wordpress.com/2014/03/10/qual-a-melhor-marca-para-meu-bebe-avaliacao-de-fraldas-etc

Vale a pena ressaltar:
– Os recém nascidos chegam a usar de 8 a 10 fraldas por dia;
– Dos seis meses a 1,5 ano essa quantidade pode diminuir para algo como 4 a 8 fraldas;
– Passou de 1,5 ano ou quando eles começam a andar, a quantidade de fraldas usadas tende a diminuir ainda mais, usando a 3 a 4 fraldas por dia aproximadamente até chegar no desfralde diurno.

Leia também:
– Escolhendo a fralda descartável do bebê

fraldas-pumpers

Até o próximo post.

Mais um pai de primeira viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *