Um belo filme sobre um pai em busca dos filhos desaparecido numa guerra.

promessas-de-guerra-russel-crowe

Tudo começa após o desaparecimento dos filhos e suicídio da esposa que não suportou tal perda. Nessa jornada, o roteiro mistura a aventura do pai a questões políticas envolvendo Reino Unido, França e Turquia; além de discutir o embate entre os valores culturais destas nações.

Da coloração fotográfica até os longos travellings, o cineasta estreante tenta transmitir a beleza dos desertos da Austrália de uma maneira quase publicitária. Tudo é laranja e o país vive em um pôr do Sol constante. O mesmo vale para a Turquia, onde o exibicionismo oriental é refletido de forma exótica e que por vezes se confunde com o caricato. Ainda assim, a beleza está lá, não é mal filmada, apenas apresentada de um jeito cafona – tal qual os diálogos românticos entre Russel Crowe e Olga Kurilenko.

Mais detalhes a seguir:

https://m.omelete.uol.com.br/filmes/criticas/promessas-de-guerra/?key=96948

Até o próximo post.

Mark Ruffalo vive uma personagem chamada Cameron que é um pai bipolar, o qual tenta reconquistar o amor e a confiança de sua esposa e de suas duas filhas assumindo a responsabilidade de cuidar delas na ausência temporária da mãe, mas as meninas não irão tornar essa missão nada fácil, pedindo algo mais de Cameron.

O filme Sentimentos que Curam traz uma família tentando lidar com problemas emocionais.

O drama passa-se nos anos de 1970. Dessa forma, ecoa os movimentos sociais e as mudanças radicais da década anterior. O pai com transtorno bipolar — que empolga e “irrita” na medida certa — talvez seja, na verdade, a representação de uma dificuldade masculina em se reajustar a esse novo mundo.


Filme Sentimentos que curam 2014http://cinema.uol.com.br/noticias/reuters/2015/07/15/sentimentos-que-curam-traz-familia-tentando-lidar-com-problemas-emocionais.htm

Data de lançamento: 16 de julho de 2015 (Brasil)
Direção: Maya Forbes
Música composta por: Theodore Shapiro
Roteiro: Maya Forbes
Indicações: Prêmio Globo de Ouro: Melhor Ator em Comédia ou Musical, mais

Até o próximo post.

Vejam só que história curiosa de um casal indiano onde uma mulher foi mãe aos 70 anos e o marido foi pai aos 79 anos.

O casal indiano posa com o recém-nascido, no Centro Nacional de Fertilização, em Hisar

A indiana que deu à luz aos 70 anos falou nesta terça-feira que não é muito velha para ser mãe pela primeira vez, e agora a sua vida está completa.

Daljinder Kaur deu à luz no mês passado a um menino, depois de seguir um tratamento de fertilização in vitro durante dois anos junto ao seu marido, de 79 anos, em uma clínica de reprodução assistida do estado de Haryana (norte).

Eles são casados há 46 anos, Daljinder explicou que quase perderam a esperança de ter um filho e enfrentavam a vergonha de não ser pais em um país onde a esterilidade é considerada às vezes um castigo de Deus.

Mais informações a seguir:

TECNOLOGIA – 10/05/2016 11:37
Indiana de 70 anos dá à luz o primeiro filho

Até o próximo post.

Está combinado, o segundo domingo do mês de maio é Dia das Mães, mas nem se quiséssemos esquecer a data conseguiríamos. Já há algumas semanas a mídia tem nos bombardeado com inúmeras propagandas desta data comemorativa.

Daqui a alguns dias está chegando mais um Dia das Mães e com ele todo um aparato de estímulo ao consumo com inúmeras promoções, novos produtos e ofertas irrecusáveis para presentear aquela que trouxe ao mundo o escritor e o leitor deste post. Como fazer para aproveitar a data sem se esquecer de seu significado mais importante: a homenagem às mamães? Como não cair na loucura do consumismo desenfreado? De um modo geral, o consumo está profundamente associado às carências e frustrações da vida contemporânea, ou seja, muitas vezes ele supre uma fantasia: “Se eu comprar tal roupa, serei mais belo, poderoso e feliz”.

abraco-de-dia-das-maes

Veja também:

Dia das Mães e o perverso consumismo

Dia das Mães: quando o consumismo esmaga os sentimentos

Feliz dia das Mães a todas as mamães do Brasil, com ou sem crise financeira.

Até o próximo post.

Um excelente filme sobre uma mãe com poucos recursos e pouco espaço para criar um filho em cárcere privado.

Ela faz de tudo para manter o filho em segurança, ainda que ela própria não estivesse segura.

Ter paciência e assistir até o final, pois vale muito a pena, principalmente para quem é pai ou mãe.

o quarto de Jack, filme de 2015

Brie Larson ganhou o Oscar 2016 de melhor atriz.

Até mais.

Vai chegando a hora do parto, mas antes tem o chá de bebê. Então vem aquela pergunta de como fazer um evento de forma mais econômica na hora de compartilhar a alegria da chegada do novo filho com pessoas ligadas a você e à sua família, as quais também estão felizes com esse acontecimento. Para quem está começando a organizar este tipo de “festa”(reunião social) pode ter um orçamento limitado para isto (possivelmente já teve gastos com a montagem do quarto do bebê e do enxoval). As dicas abaixo dão ideias de como fazer um chá de bebê econômico, porém com muita graça:

  1. Dispense os convites impressos;
  2. Peça confirmação;
  3. Reduza a lista de convidados;
  4. Monte a decoração;
  5. Faça os doces;
  6. Prepare as comidinha;
  7. Atenção ao bolo;
  8. Produza o bolo de fraldas;
  9. Opte por lembrancinhas simples;
  10. Busque boas ofertas;

Veja mais dicas sobre eventos e festas de forma econômica a seguir:

Até mais.

O Pai de Segunda Viagem vem mais uma vez falar sobre Gravidez de Risco, pois como devem saber a gestação do segundo herdeiro é de risco, só para variar.

Segundo o boletim informativo 23 semanas – Bebê cada vez mais forte, a partir da 23ª semana o bebê atinge o status de “viável”, ou seja, significa que já terá chance de sobrevivência se nascer antes do tempo (prematuro). A cada semana que passa o nenê vai ficando mais forte e amadurecido para enfrentar com melhores condições o mundo fora da barriga.

imagem de feto

Leia mais a seguir:

23 semanas de gravidez

Até mais.

Bom drama com Ryan Reynolds que conta a história de um pai que procura a filha desaparecida faz oito anos, a menina Cassandra. O desaparecimento acaba deixando uma série de dúvidas em torno do que teria ocorrido. Quando evidências de que ela ainda está viva voltam a aparecer, seu pai Matthew se mostra disposto a arriscar tudo para encontrá-la e desvendar o mistério em torno de seu desaparecimento.

Atualmente disponível na tela do seu Netflix.

À procura, filme com Ryan Reynolds

Até o próximo post.

Ótima comédia nacional com elenco repleto de humoristas.
O enredo é um pai desatento que deixa o filho numa creche noturna para ir com amigos para balada e troca o menino na hora de buscá-lo de volta.

superpai-filme

Sinopse:

Diogo (Danton Mello) é um adolescente tardio, que reluta em sucumbir à vida adulta. Casado com Mariana (Monica Iozzi), ele vê a chance de resgatar a popularidade dos tempos de escola quando a turma resolve se reencontrar em uma grande festa para marcar os 20 anos de formatura. Acontece que no dia D, a sogra sofre um acidente que tira a esposa dele de casa, e Diogo terá que cuidar do filho pequeno. Para não perder a comemoração – e a chance de “pegar” uma antiga paixão do colégio – ele resolve deixar o filho em uma creche noturna. Na hora de pegar o menino de volta, porém, ele acaba levando uma criança coreana por engano. E Diogo vai viver altas confusões ao longo de uma noite ao lado dos amigos César (Antonio Tabet), Nando (Thogun Teixeira) e Júlia (Dani Calabresa) para recuperar o filho. E o prestígio.
Não recomendado para menores de 14 anos
adorocinema.com/filmes/filme-230591

Até mais.

Quem disse Berenice que o governo não faz coisas que em prol do povo e da família brasileira?
Agora só falta a madrasta de todos os brasileiros bater o martelo para sancionar esta melhora em um benefício para todos os papais trabalhadores.

Pai caminha com seu filho preso ao peito

Confira abaixo as regras do projeto que amplia para 20 dias a licença-paternidade, porém vale a pena ressaltar que tal mudança não será obrigatória e também beneficia pais de filhos adotivos.

As empresas poderão ampliar de 5 para 20 dias a duração da licença-paternidade, conforme um projeto aprovado pelo Senado na quarta-feira (03/02/2016). Para entrar em vigor, o texto ainda precisa ser sancionado pela presidente Dilma Rousseff.
http://g1.globo.com/economia/noticia/2016/02/veja-regras-do-projeto-que-amplia-para-20-dias-licenca-paternidade.html

Se não fosse a Zika, a hora de fazer mais filhos seria agora hein? 🙂 😀

Até o próximo post.